Tag Archives: Laços

12 de maio de 2014

Casei. E agora?

golden-years-agencia-de-relacionamentos-casamento

Tudo caminhou como o planejado. Vocês se conheceram após muita procura e expectativa. Começaram a namorar e as coisas evoluíram de uma forma incrível. Tanto que, depois de um tempo de crescimento conjunto, vocês decidiram que era hora de casar. Mas aí você para e pensa: até ontem, eu era namorado (a) de alguém e, agora, sou esposo (a) desta pessoa. O que muda daqui para frente? Bem, nós lhe responderemos isso no post de hoje.

Primeiramente, entenda que casamento não é sinônimo de prisão. Sua liberdade individual para praticar seus hobbies e cultivar suas ideias e opiniões continua lá. É sua. Aliás, é algo que deve ser feito para a manutenção de um bom casamento. Entretanto, é necessário encontrar um ponto de equilíbrio e preservar as duas partes – a sua liberdade e a vida conjunta com o parceiro (a). E isso é um desafio.

 

 
 
 
05 de maio de 2014

Pesquisa: namoro a distância melhora relacionamentos

golden-years-agencia-de-relacionamentos-namoro-distancia

Já imaginou cortar os laços presenciais do seu relacionamento por um tempo e tentar manter a chama acesa a distância? Parece difícil? Bem, pode até ser em alguns casos, mas, de acordo com um estudo realizado em Hong Kong, tal ato pode ajudar na rotina de casal.

Segundo a pesquisa, casais que mantêm um relacionamento a distância têm a sensação de serem mais íntimos um do outro do que casais que estão juntos o tempo todo. Ou seja, além de serem mais próximos, se sentem mais a vontade, demonstrando reclamar pouco da falta de atenção e de outros problemas referentes a relacionamentos.

 

 
 
 
24 de abril de 2014

Como agir no primeiro encontro

golden-years-agencia-relacionamentos-dicas-primeiro-encontro

Ela (e) disse sim. O primeiro contato foi um sucesso e, agora, é hora de um programa a dois para que vocês possam se conhecer melhor. Sim, caros leitores, estou falando do mágico, nervoso e revelador primeiro encontro.

Mágico porque há um mistério encantador entre as duas partes que estão prestes a se conhecer. Nervoso por causa do medo de deixar algo atrapalhar o andamento da ocasião e revelador por uma simples razão: dependendo de como as coisas fluírem, nasce ou morre a possibilidade de um segundo encontro e, consequentemente, algo mais sério.