Tag Archives: Esperança

01 de agosto de 2014

Superar é viver

golden-years-agencia-relacionamentos-casamentos-superar

Arriscar com alguém e perceber que as coisas não estão dando certo faz parte da vida. Nem sempre acertaremos o alvo. E independentemente de quem perceba isso primeiro, você ou o seu par, o importante é se lembrar de que o eminente rompimento não significa que o amor nunca mais lhe encontrará. Por isso, antes de dar as caras por aí novamente, você vai precisar superar a tentativa anterior e adquirir um pouco de perspectiva.

 

 
 
 
14 de maio de 2014

Esqueça o passado e viva o presente

golden-years-agencia-de-relacionamentos-casamento-passado-presente

Todos temos bagagem. Isso é fato. Porém, de todos os tipos que podemos imaginar, a bagagem emocional é, sem dúvida alguma, a mais pesada e difícil de carregar. E escapar dela é inevitável. Uma vez que estamos inseridos no mundo, as tristezas, felicidades, decepções, lágrimas e sorrisos que a realidade do dia a dia oferece são internalizados por nós e começam a fazer parte de quem somos.

No entanto, o que muitas vezes não entendemos é que todas essas coisas, após exercerem seus papéis de nos ajudarem a crescer, vão para um lugarzinho chamado passado. E visitar esse local pode até ser bom de vez em quando, mas, viver nele, não mesmo. Isso porque o que ficou lá para trás teve determinada importância e função em certo tempo da vida, mas já não é essencial ou, necessariamente, faz parte da pessoa que você se tornou ou pretende se tornar.

 

 
 
 
07 de maio de 2014

Olhe a sua volta. Você pode ter uma surpresa!

golden-years-agencia-de-relacionamentos-olhe-a-volta-surpresa

Você vive cabisbaixo onde quer que vá, reclamando de que o grande amor da sua vida não aparece e que as surpresas da vida se esgotaram para você. Pois bem, meu caro (a), pode ir parando por aí mesmo.

Quantas vezes você ergueu a cabeça, deu uma boa olhada no que está a sua volta e pensou a respeito? Se a resposta foi ‘poucas’ ou até mesmo ‘nenhuma’, sinto muito em lhe dizer, mas você está perdendo algo chamado vida. E ela pode ser bem surpreendente. Inclusive se a sua resposta ao questionamento anterior foi ‘muitas’.