Tag Archives: Casamento

11 de agosto de 2014

Relacionamentos modernos x relacionamentos tradicionais

moderno-x-tradicional“Por que, na minha época, não era assim”. Certamente, você deve ter ouvido essa frase pelo menos uma vez na vida. Geralmente, ela é proferida por uma pessoa mais velha, que se depara com uma situação um tanto quanto nova e pensa em como ela seria encarada no passado. Mas será que ela faz sentido quando se trata de relacionamentos?

Muito se fala sobre as diferenças entre os relacionamentos tradicionais e modernos. Alguns defendem os velhos costumes afetivos, outros preferem as novas formas de se relacionar. Enquanto os relacionamentos tradicionais estão mais ligados à idealização e ao romantismo, os relacionamentos modernos são mais incisivos e diretos, objetivando um determinado interesse, que pode ou não ser o casamento. Essas diferenças, no entanto, não fazem um melhor do que o outro.  

 
 
 
04 de agosto de 2014

Como iniciar o papo

como-iniciar-o-papoUma das maiores dúvidas e hesitações de quem está em busca de um amor é: como iniciar o papo? Saber a hora certa e como agir ainda é um mistério para muitos solteiros e solteiras mundo a fora. E a verdade nua e crua é que tudo depende. Depende da pessoa, da situação, do contexto e do local. No entanto, se não há nenhum obstáculo lhe impedindo de iniciar a conversa, há formas de fazê-lo de forma elegante e tranquila, sem afobações.

Antes de qualquer coisa, convenhamos que o primeiro contato gera um medo que muitos de nós sempre teremos. Porém, temos que encará-lo como um daqueles medos bons, que nos empurram e nos ajudam a agir. Afinal, nada aconteceu ainda. É apenas a timidez e o medo lhe atrapalhando. Descarte-os e substitua-os pela confiança.  

 
 
 
21 de julho de 2014

Os mandamentos da felicidade a dois

Couple playing around

O convívio a dois nem sempre é uma tarefa fácil. Conflitos e problemas podem surgir ao longo do tempo e prejudicar a relação que, há tempos, ia tão bem. Mas isso não significa que você não possa fazer nada para evitá-los. Muito pelo contrário, deve. Por isso, a matchmaker Marlene Heuser, da Golden Years, separou cinco dicas fundamentais para a saúde do seu namoro ou casamento.

1 – Tolerância: se já é complicado lidar com os próprios defeitos, imagine com os do outro! No entanto, é necessário se esforçar e ter paciência. Afinal, a perfeição não existe.  

 
 
 
16 de maio de 2014

A relação ente os jovens e o casamento

golden-years-agencia-de-relacionamentos-casamento-jovens

Maio é conhecido como o mês das noivas e, consequentemente, do casamento. A origem dessa associação vem de países do hemisfério norte, que relacionam o mês em questão com festas e comemorações, inclusive o matrimônio. Porém nós, da Golden Years, acreditamos que quando se trata de celebrar o amor, pouco importa o mês ou a idade. Muitos jovens, por exemplo, têm buscado sua cara metade cada vez mais cedo. E o post de hoje vai lhe ajudar a entender o motivo.

Antes de tudo, convenhamos que não há idade para amar. Um casal com média de 40 anos de idade não é mais importante ou significativo do que um casal com média de 20 anos de idade, por exemplo. O amor não se mede por idade. Aliás, o amor é um sentimento imensurável e diz respeito a cada um de forma diferente. Portanto, precisamos manter a cabeça aberta quanto a isso.

 

 
 
 
12 de maio de 2014

Casei. E agora?

golden-years-agencia-de-relacionamentos-casamento

Tudo caminhou como o planejado. Vocês se conheceram após muita procura e expectativa. Começaram a namorar e as coisas evoluíram de uma forma incrível. Tanto que, depois de um tempo de crescimento conjunto, vocês decidiram que era hora de casar. Mas aí você para e pensa: até ontem, eu era namorado (a) de alguém e, agora, sou esposo (a) desta pessoa. O que muda daqui para frente? Bem, nós lhe responderemos isso no post de hoje.

Primeiramente, entenda que casamento não é sinônimo de prisão. Sua liberdade individual para praticar seus hobbies e cultivar suas ideias e opiniões continua lá. É sua. Aliás, é algo que deve ser feito para a manutenção de um bom casamento. Entretanto, é necessário encontrar um ponto de equilíbrio e preservar as duas partes – a sua liberdade e a vida conjunta com o parceiro (a). E isso é um desafio.