16 de setembro de 2014

Fuja do desânimo

desanimoQuem nunca acordou numa segunda-feira com o “peso do mundo nas costas”, se sentindo desanimado com a semana que se inicia, não é mesmo? Pois bem, acontece que esse desânimo só é normal se acontecer de vez em quando. Se você está habituado a levantar com essa postura, seu problema pode ser mais sério.

Desânimo, estresse e melancolia podem ser – e geralmente são – causados pela frustração em nossas vidas.

Podemos nos frustrar com diversas coisas, e algumas delas até merecem esse tipo de reação. No entanto, frustrar-se constantemente pode ser sinal de depressão, e a causa pode ser amorosa.

Marlene Heuser, matchmaker à frente da Golden Years, recebe diversas visitas de pessoas frustradas com a vida e, particularmente, com o amor.

Leia mais sobre comportamento

Sempre que tem a oportunidade de aconselhá-las, usa a seguinte ilustração:

Certa tarde, um homem saiu para um passeio com suas duas filhas, uma de oito e outra de quatro anos. Em determinado momento da caminhada, Helena, a mais nova, pediu ao pai que a carregasse, pois estava muito cansada para continuar andando.

O pai respondeu que também estava muito cansado. Diante da resposta, a garotinha começou a choramingar e fazer “corpo mole”.

Sem dizer uma só palavra, o pai cortou um pequeno galho de árvore e o entregou a Helena, dizendo:

– Olhe aqui um cavalinho para você montar, filha! Ele irá ajudá-la a seguir em frente.

A menina parou de chorar e pôs-se a cavalgar o galho verde tão rápido, que chegou em casa antes dos outros. Ficou tão encantada com seu cavalo de pau, que foi difícil fazê-la parar de galopar.

A irmã mais velha ficou intrigada com o que viu e perguntou ao pai sobre como devia entender a atitude de Helena. O pai sorriu e respondeu:

– Assim é a vida, minha filha. Às vezes, estamos física e mentalmente cansados, certos de que é impossível continuar. Mas encontramos então um “cavalinho” qualquer que nos dá ânimo outra vez. Esse cavalinho pode ser um bom livro, um amigo, um novo amor, uma canção…

O cansaço e o desânimo fazem parte das nossas vidas, mas você não pode deixá-los tomar conta da sua personalidade. Do contrário, suas frustrações apenas vão gerar novas frustrações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>