26 de maio de 2014

Esfriou? Calma, é possível esquentar de novo

golden-years-agencia-de-relacionamentos-casamentos-esfriou-esquente

É normal que o início de um relacionamento seja pautado por encanto e deslumbramento. Promessas e juras de amor são proferidas, planos são esboçados e não há sinal aparente de que as coisas possam sequer dar errado algum dia. Porém, também é normal que, com o passar do tempo e o desenvolvimento do relacionamento, as coisas mudem e o calor inicial passe.

O que não é normal, todavia, é que vocês se conformem com um relacionamento frio e não façam quaisquer esforços para tirá-lo da inércia e esquentá-lo novamente. Portanto, temos algumas dicas que lhe ajudarão quanto a isso.

A primeira delas é: o elemento surpresa. Invista em coisas diferentes e inesperadas, como um telefonema no meio da tarde, um presente que ela (e) disse que queria há algum tempo, um cinema após o expediente, etc. Seja criativo, porém, não exagere. Tudo o que é demais acaba ficando chato e perde a graça.

Faça-se presente e apoie o seu companheiro (a). Para tanto, escute o que ele tem a dizer e encoraje-o com palavras e atitudes em vez de criticá-lo e desrespeitá-lo. E não tente fazê-lo mudar, mas procure aceitar o jeito do outro e encontrar um meio termo caso vocês demonstrem diferenças.

De acordo com a matchmaker Marlene Heuser, da Golden Years, o carinho também é fundamental para reavivar os sentimentos adormecidos. “A troca de carinho é fundamental para a manutenção de uma relação saudável. Troca de carinho é troca de energia”, diz.

Ela também ressalta para os elogios, que devem estar presentes na rotina do casal, para a atenção às necessidades do outro e para a sinceridade. “Não esconda nada do parceiro. Divida os problemas com o outro sem querer poupá-lo. As pessoas não querem ser poupadas. Querem, sim, ajudar a quem amam”, completa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>