Category Archives: Comportamento

01 de abril de 2016

O lado bom da vida

de-bem-com-a-vidaQuando não se pode modificar o destino, pode-se tomar uma atitude positiva diante dele.

Toda ação resulta de uma atitude. Nossas escolhas interiores são sempre fruto das circunstâncias. Quando não podemos mudar as coisas, podemos mudar nossas atitudes para com elas.

Todas as nossas atitudes interiores, positivas ou negativas, que determinam o tipo do nosso comportamento, são aprendidas na infância com o exemplo das atitudes e comportamentos dos adultos – nossos pais, familiares, professores, ao enfrentarem as dificuldades e perigos.  

 
 
 
11 de janeiro de 2016

Você é romântico?

romaticoO romantismo é um dos pilares de sustentação do relacionamento que há muito tempo vem sendo negligenciado. A falta de romantismo é uma reclamação comum, especialmente das mulheres, que desgasta a relação e faz com que um acabe perdendo o desejo pelo outro.

É muito comum as pessoas inventarem mil maneiras de agradar o outro na hora da conquista e no início do namoro. Com o passar do tempo e com o desgaste natural do dia-a-dia as pessoas costumam descuidar da relação.

Cada um tem seu jeito de ser e não adianta querer ficar tentando mudar o outro. No entanto, o que pode ser feito para manter o outro sintonizado é tomar a iniciativa de propiciar momentos especiais. Muitas vezes, não percebemos que nossas atitudes não favorecem o romantismo. Um dia-a-dia recheado de cobranças, queixas e agressões jamais dará espaço para uma cena romântica.

Pessoas mal resolvidas e que não conseguem ter questões importantes como o respeito à individualidade inseridas no relacionamento, acabam se frustrando e se anulando por deixarem de fazer muitas coisas que gostariam em nome do outro. Desta forma surgem as frustrações, a rotina e a infelicidade. A falta de romantismo sem dúvida desgasta e satura o relacionamento.

Geralmente quando as coisas começam a ir de mal a pior, ou quando a relação já terminou, é que ficamos nos questionando se não faltou força de vontade para investir mais em coisas relativamente simples. Dizer “eu te amo” com o coração e não pelas cobranças. Há quanto tempo deixou de escrever bilhetinhos românticos e espalhar pelos lugares mais inusitados? Quando foi que elogiou seu par pela última vez? E aquele café da manhã especial onda anda? Abraços e beijos inesperados, o que é isso? Horas a fio em frente à TV e nem percebeu que ela mudou o visual? Sair sempre sozinho tem sido mais interessante? Tem trocado o diálogo por uma conversinha superficial?

A frieza entre o casal é um dos motivos que levam à separação. Antes que isso aconteça é preciso investir e realinhar o relacionamento prestando atenção nas necessidades do outro. Trocar idéias, sonhos, ter tempo para o outro, melhorar a autoestima e o visual, e investir numa receitinha particular para fazer a relação ir de vento em popa. Sem hora marcada, sem uma data especial.

Experimente!