Monthly Archives: novembro 2014

28 de novembro de 2014

A busca pelo amor

abuscapeloamor

Quando as festas de final de ano começam a se aproximar, é comum ouvirmos homens e mulheres falarem que estão receosos de passar o final de ano sozinhos. Nessa hora, é preciso ficar calmo e ter consciência de que ainda dá tempo de encontrar alguém especial e dar um basta nessa busca pelo amor.

Para isso, basta planejamento. Não adianta sair por aí atirando para todo lado. Se durante todo o ano você esteve ocupado com as obrigações profissionais, agora é a vez de mudar o foco e mirá-lo no amor. Comece a olhar ao redor. “O cúpido pode acertar você em cheio. Basta estar aberto a essa possibilidade”, diz a matchmaker Marlene Heuser.

Foi o que aconteceu com a Letícia, de Londrina, e o Juan, de Ribeirão Preto. Eles se conheceram no dia 23 de dezembro, graças às flechas da Golden Years, e hoje formam um casal lindo de se ver. Eles enviaram um depoimento para nosso site contando um pouco sobre como foi o primeiro encontro deles, isso no ano de 2010.

 

 
 
 
18 de novembro de 2014

Momento de pensar na família

familia

O final do ano está chegando. Além de celebrar a virada, o momento também é de reflexão. Como foi 2014? Onde acertei, onde errei? O que posso melhorar no ano que vem? E um dos temas que merecem atenção é a família. Você já parou para pensar como ela anda? Por causa da correria do dia a dia, repleto de obrigações, nos esquecemos de que a felicidade está no amor e no carinho do ambiente familiar, não nos negócios e nos bens conquistados.

“Quando foi que você sentou com um filho para bater um papo ou saiu com o seu cônjuge para namorar? Há quanto tempo você não diz para um membro da sua família ‘eu te amo?’ ou ‘eu gosto de você’?”, pergunta a matchmaker Marlene Heuser. A instituição família está passando por uma crise. E isso tem maior reflexo entre os jovens. Muitos estão desorientados, sem a noção do certo e do errado.

Com a chegada do natal, é a hora de refletir sua atuação como pai ou mãe. A escritora Lya Luft, em uma de suas colunas para a revista Veja, citou uma frase, dita por um psicólogo, que reflete bem o momento atual. “A maior parte dos jovens perturbados que atendo não tem em casa pai e mãe, tem um gatão e uma gatinha”. São mães que, em vez de ficar com os filhos, preferem ir ao cabelereiro ou à academia. E pais que vivem atrás dinheiro, colocando os ganhos financeiros (status) acima de todas as outras facetas da vida.

A família, no entanto, precisa de atenção especial. Os filhos precisam ser ouvidos e educados. Não adianta passar esse papel para a escola. A função dela é trabalhar conhecimentos, não atuar como uma família substituta. “É na família que os filhos aprenderão os valores e os comportamentos necessários para a vida em sociedade: a solidariedade, a confiança, a generosidade, o respeito, a respeitar as diferenças de gostos, de temperamento, de desejos e de necessidades”, relata Marlene.

Casal

Nesse momento, também é importante refletir sobre a relação entre o casal. A conversa é importante. O diálogo é essencial para uma convivência saudável e prazerosa. Falem sobre vitórias e alegrias, derrotas e tristezas, experiências do dia-a-dia, fé, vida profissional e sobre o que se passa na nossa sociedade. Essa troca deve ser transformada num momento mágico de paz, alegria, de palavras e mensagens positivas onde o objetivo comum é o afeto e a ajuda mútua.

Reflita sobre a sua família.

Veja também: a companhia certa para o final de ano